Samsung lança monitor SE 370 com tecnoligia AMD Freesync e Qi charger


Já não é a primeira vez que a Samsung lança aparelhos com a tecnologia AMD Freesync. Depois dos primeiros  monitores 4K, recentemente lançados com essa tecnologia, a empresa agora aproveita para lançar a nova série de SE 370. A nova linha foi pensada para gamers e entusiastas de tecnologia, pois, além da sincronização FreeSync, traz organização por não precisar de fios para carregar seu smartphone quando estiver usando o PC.

Leia mais

PowerColor anuncia sua AMD R9 Fury com 4 GB de memória HBM e dual BIOS


A recente placa de vídeo Radeon R9 Fury chega ao mercado pela PowerColor levando o nome de "PowerColor R9 Fury". Ela possui um sistema de resfriamento mais eficiente, que utiliza três fans de 90mm e seis heat pipes de 8 mm.

Leia mais

AMD anuncia sua nova APU A8-7670K baseada em Godavari


AMD anunciou que já está disponível sua nova APU com plataforma FM2+, o A8-7670K. Como o recente lançado A10-7870K, o processador é baseado na APU "Godavari" de 28nm. Com quatro núcleos, baseado na microarquitetura "SteamRollerB", com gráficos da série Radeon R7, possui seis núcleos CoreNext 1.2 e  um total de 384 processadores stream. A APU suporta memórias DDR3 em dual-channel operando a até 2133 MHz e conexão PCI Express 3.0.

Leia mais

AMD lança a R9 Fury, placa com chip Fiji e resfriamento a ar


A AMD lançou hoje mais um modelo da linha Fury, a R9 Fury. A placa traz recursos semelhantes ao da Fury X, como o chip Fiji e as memórias HBM, porém o sistema de resfriamento é o tradicional a ar, o que abre espaço para que as parceias da empresa trabalhem novos projetos de controle de temperatura, algo que já estava a caminho segundo os rumores (como aqui e aqui).

O chip Fiji que equipa a R9 Fury é um pouco diferente do presente na Fury X. No lugar do Fiji XT, temos aqui o Fiji Pro, um chip gráfico com especificações um pouco mais "leves". Com 512 a menos, ele possui um total de 3596 processadores stream, 64 ROPs e 224 TMUs. A frequência da GPU é apenas 50MHz abaixo da Fury X, operando em 1000MHz. A alimentação da placa é feita através de dois conectores de oito pinos, com um TDP de 275W.

As memórias são as HMBs, com um total de 4GB. Apesar de operarem em uma frequência baixa (500MHz, com 1000MHz efetivos), essas memórias prometem uma performance muito superior ao GDDR5 por conta de sua grande largura de banda (512GB/s) e uma interface de memória de 4096-bit. Essa alta eficiência é obtida graças ao posicionamento dos módulos de memória no mesmo interpositor que a GPU, acelerando a comunicação entre esses componentes.

No anúncio já foram apresentados dois modelos de placas de parceiros, alguns com designs de resfriamento próprio. A Asus mostrou a Asus Strix Radeon R9 Fury é uma placa que traz o modelo de referência da AMD com mudanças mais pontuais, e será vendida pelo valor de US$ 549. Apesar de ainda não ter sido anunciada, temos vazamentos que a empresa prepara uma versão da placa com seu sistema de resfriamento DirectCU III.

Na apresentação da R9 Fury foi anunciada a Sapphire Tri-X Radeon R9 Fury, placa que conta com um projeto customizado da Sapphire com três fans e que já tinha dado sua vazadinha antes da hora.

A Radeon R9 Fury chega ao mercado com preço sugerido de US$ 549, o mesma faixa de preço que hoje está a Nvidia GeForce GTX 980. Ainda não há previsão para a chegada e preços deste modelo no Brasil. Além da Fury e Fury X, a linha ainda contará com um produto mais compacto (R9 Nano) e uma dual-GPU, ambos ainda não lançados.

Via Wccftech

Leia mais

AMD adere à tecnologia FinFET e irá atualizar a linha de CPUs FX


AMD anunciou ontem sua transição da fabricação de chips de 20nm para investir na tecnologia FinFET, um transistor que utiliza mais de uma passagem de corrente, aumentando a eficiência do processador. A companhia ainda não anunciou o nome que dará à nova arquitetura nas suas GPUs, mas as sugestões de codinomes são "Arctic Islands" e "Greenland".

Leia mais
ordenar por: A - Z | data | hits |